10 de janeiro de 2013

Teatro

M-Show é a peça com texto e encenação de Marcantónio Del Carlo


Uma sociedade futurista, um pouco bizarra, onde M-Show é o programa de televisão que explora a vida dos seus convidados e a do próprio apresentador Sebastião M (Marcantónio), que conta com a participação da voz (Marta Nunes).

Este talk-show é bastante estranho e fora daquilo que estamos habituados a ver na televisão de hoje em dia. Por isso e também pela roupa com que surgem em palco, assim como o cenário, distorcido e curvo, tudo leva a crer que se passe numa época futura.

A história é bastante misteriosa a envolta em muitas dúvidas. Ao no decorrer da peça são-nos dadas algumas pistas sobre a trama e sobre o porquê daquele homem fazer o que faz e qual o verdadeiro papel da voz, que não a de simples co-apresentadora.
A certa altura tudo é posto em causa. Será que Sebastião é mesmo um apresentador como ele pensa? E quem será aquele miúdo convidado para o programa? Um comum rapaz que é convidado ou terá alguma relação familiar com Sebastião?
De uma forma bastante excêntrica esta peça concentra as suas atenções sobre o papel dos media na sociedade e de como as pessoas, naquele universo, vêem televisão para esquecerem o seu sofrimento divertindo -se com o dos outros.
No M-show os convidados vão para sofrer, ou mesmo morrer em directo.

A irreverência é um dos trunfos do programa que é também pintado com momentos da penumbra, onde o apresentador se confessa e mostra um lado mais humano, quase num acto de bipolaridade. É neste jogo entre o real e o macabro que a história segue com ocasiões verdadeiramente desconcertantes.
Esta é também a estreia de Marcantónio Del Carlo no D. Maria II tanto como actor como também autor, ao lado da excelente participação de Marta Nunes com uma voz realmente adequada para o seu papel.
A partir de dia 10 em cena na sala estúdio do teatro lisboeta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário