24 de janeiro de 2013

Teatro

“ Casas Pardas ” de Maria Velho da Costa no São Luiz



“Casas Pardas”, um texto de Maria Velho da Costa, com adaptação e dramaturgia Luísa Costa Gomes e encenação de Nuno Carinhas, subirá à cena do Teatro Municipal de São Luiz pelas 21:00 de 24 de Janeiro.

“Casas Pardas” retrata a cartografia da Lisboa dos anos sessenta, uma Lisboa cinzenta de crise estudantil, com a guerra colonial a aproximar-se a todo o passo, uma Lisboa com um regime salazarista cada vez mais pardo e salazarento.

É um caos adivinhado com os amores a serem vividos em casas de amor e desamor como é o caso de Elisa, Mary, Elvira e companhia.

Mas "Casas Pardas" é acima de tudo a casa da língua portuguesa e dos seus vários linguajares, aqui em jubiloso processo de miscigenação com outras falas do mundo. Em “crioulo galáctico”, a psicopátria diz de si e dos outros, agora num palco perto de nós, como se lê na nota de imprensa..

“Casas Pardas” estará em cena de 24 a 26 de Janeiro pelas 21:00; a 27 de Janeiro a sessão será pelas 17:30.
A interpretação é de Anabela Teixeira, Carmen Santos, Catarina Lacerda, Emília Silvestre, João Castro, Joana Carvalho, Jorge Mota, Leonor Salgueiro, Paulo Freixinho, Paulo Moura Lopes, Rute Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário