28 de janeiro de 2013

Lazer

Carla Andrade vence a 1ª edição do Festival B-Ellas Artes em Madrid



Um concurso dirigido apenas a mulheres, valorizando o esforço da Associação de Mulheres nas Artes Visuais pelo seu contributo pela igualdade de oportunidades e de tratamento, ao qual concorreram, nesta 1ª edição 117 projectos.
"Caminhos da Terra" é um projecto composto por 18 fotos de 18x24 cm, que inclui um modo de exibição de "atlas", em referência de Aby Warburg.
A sua realização foi possível graças a um subsídio de residência de artista em Hersusid, Siglufjördur -Islândia.
Carla Andrade descreve “Caminhos da Terra” em duas ideias chaves, a primeira centrada nas estradas e paisagens ”as estradas são mostradas como novas metáforas, como novas terras a conquistar. Elemento que orienta e evita derrapagens, mas que apenas podemos controlar um partido; seu fim é sempre imprevisível. O caminho mostra que ainda está a ser, ou o que ainda não chegou a ser. Trata-se de um Mistério em si mesmo”.

Desta forma o papel do homem é fundamental, pois contém um simbolismo profundo, “todos procuramos conhecer e ao mesmo tempo a sonhar com o que não é conhecido". A maneira, “o como?”; “O meio”;”
O homem a entrar em confronto com a natureza” a forma como o homem destrói e corrompe a natureza foi a segunda ideia deixada
Devido à sua capacidade de sugestão em relação à poupança e aos materiais expressivos, foi por unanimidade que o júri atribuiu o 1º lugar à fotografa.
Em Março, o mês da mulher, Carla Andrade terá a oportunidade de exibir o prémio vencedor na sede da Fundação FIART em Madrid.

Nenhum comentário:

Postar um comentário