15 de janeiro de 2013

Cinema

As estrelas do cinema francês no Fantasporto 2013



Se não há Cinema sem paixão e se não há paixão sem glamour, as estrelas são a face mais visível da 7ª Arte.
Ainda que muitas vezes se confunda o star system com o cinema americano, no panorama europeu o cinema francês tem sido o que ao longo de décadas melhor tem trabalhado o glamour e as "vedetas" na promoção dos seus filmes.

O Fantasporto 2013 recupera grandes rostos do período dourado do cinema gaulês, numa retrospectiva onde eles abundam.
Sete filmes dos mais conceituados realizadores, de Agnés Varda a Claude Chabrol, de Alain Resnais a Jacques Demy, em sete géneros cinematográficos que confirmam a diversidade desta cinematografia.

Mas muito mais do que sete serão as estrelas que ilustram esta significativa retrospectiva que será complementada com uma belíssima exposição de fotos da colecção de Jean Loup Passek ex director do departamento de cinema do Centro George Pompidou.

Rostos de uma fotogenia excepcional, que marcaram o imaginário de milhões de espectadores como Jean Marais, Jeanne Moreau, Simone Signoret, Delphine Seyrig, entre os mais veteranos, dão lugar a uma nova geração onde pontuam Isabelle Huppert ou Sandrine Bonnaire, demonstrando que as vedetas são uma constante e um suporte de excelência para o cinema francês.
Sendo as estrelas quem dá corpo e voz aos filmes, esta é também uma oportunidade rara para se reverem clássicos em tela grande, cumprindo assim uma missão fundamental dos festivais que é a de recuperar as melhores memórias do cinema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário