12 de dezembro de 2012

Turismo

Olhão " adoça " a população com Bolo-Rei gigante


Será já no próximo dia 15 de Dezembro que serão degustados dois bolos-reis gigantes em Olhão, confeccionados pelo chefe-pasteleiro Filipe Martins.
A partir das 10:00 do dia 15 de dezembro, o chefe, terá ao dispor de todos os que aparecerem no Largo da Restauração dois bolos-reis com cerca de 70 metros no total e 200 quilos de peso.

Neste evento será possivel, para além de provar o tardicional bolo-rei com frutas cristalizadas, provar também um bolo-rei com chocolate, amêndoa e caju, uma criação do chefe que promete fazer sucesso.

Filipe Martins, que contará com a ajuda de cerca de 20 pessoas para que toda a logística funcione na perfeição, diz que só para cozer os bolos serão necessárias cerca de 10 horas, prevendo-se, portanto, um ou dois dias e noites de muito trabalho.
Organizado pela delegação de Olhão da Associação do Comércio e Serviços da Região do Algarve, o custo previsto em matérias-primas necessárias para a confecção dos bolos será de dois mil euros.
Trata-se de um investimento elevado em tempos de crise, mas que Filipe Martins diz fazer “com gosto, para promover o que de bom existe na nossa terra. Decidi aventurar-me porque era uma coisa que sempre quis fazer”.
De referir que Filipe Martins venceu o prémio de Melhor Chocolatier Português em 2010, no Festival Internacional de Chocolate de Óbidos.
Filipe Martins é neste momento o único chefe-pasteleiro no Algarve a fazer bombons de autor.

O chefe, que começou a trabalhar em doces aos 15 anos e depois se formou na Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve, onde deu aulas, diz que um dos próximos objectivos é fazer os Mercados de Olhão em açúcar, pastilhagem, e quem sabe, na Páscoa dar a provar o tradicional folar aos olhanenses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário