17 de dezembro de 2012

Livros

Nuno Camarneiro vence Prémio LeYa
 

" Debaixo de algum céu ", de Nuno Camarneiro, é o romance vencedor do Prémio LeYa, com o valor pecuniário de 100.000 euros.
Quando Nuno Camarneiro foi mencionado como uma das "pessoas a seguir em 2012" pela revista Notícias Magazine, na sua edição especial no final do ano passado, a editora Maria do Rosário Pedreira dizia: "É um romancista jovem que, vindo da área científica, revela uma extensa cultura literária e grande capacidade de criar empatia com o leitor no tratamento de questões humanas e universais".
Natural da Figueira da Foz, onde nasceu em 1977, é licenciado em Engenharia Física pela Universidade de Coimbra, tendo-se dedicado à investigação durante alguns anos.
Também pertenceu ao Grupo de Etnografia e Folclore da Academia de Coimbra e ainda ao grupo musical Diabo a Sete, e à companhia teatral Bonifrates.
A sua actividade de investigação científica levou-o para o CERN (Organização Europeia para a Investigação Nuclear) em Genebra e concluiu o doutoramento em Ciência Aplicada ao Património Cultural em Florença.
Mais tarde em 2010 regressou a Portugal, e é actualmente investigador na Universidade de Aveiro e professor do curso de Restauro na Universidade Portucalense do Porto.
Paralelamente à sua faceta de investigador na Ciência, Nuno Camarneiro começou por se dedicar à escrita de contos tendo alguns publicados em revistas e colectâneas.

“No Meu Peito não Cabem Pássaros”, editado no ano passado, é a sua estreia no romance.

Nenhum comentário:

Postar um comentário