5 de outubro de 2012

António Maria de Azevedo Machado Santos ( 1875-1921 )
 
António Maria de Azevedo Machado Santos (1875-1921)
Nasceu em Lisboa a 10 de Janeiro de 1875, alistando-se na Armada em 1891. Este comissário naval ficará para a história como carbonário, conspirador, mas, sobretudo, como o 'herói da Rotunda' e o 'pai' da República. Muito embora tivesse sido eleito deputado às Constituintes, cedo manifestou sinais de desagrado face ao andamento da política na República, expressando a sua opinião no jornal que funda e dirige (O Intransigente) e passando da palavra aos actos, organizando ou participando em vários movimentos insurreccionais (Abril de 1913, Janeiro de 1914; o 'Movimento das Espadas', em 1915; Tomar, em 1916 e participando no golpe sidonista, em 1917). Durante o consulado de Sidónio Pais, é feito senador e ocupa funções de ministro do Interior e das Subsistências. Ainda lança o Partido da Federação Republicana, com que pretende continuar a sua intervenção política. Foi assassinado na 'noite sangrenta' de 19 de Outubro de 1921.

Nenhum comentário:

Postar um comentário